A Cocaína e a Coca-Cola, Theodor Schwamn, a Pepsina e a Pepsi

Você sabia de onde vem a “coca” que dá nome à Coca-Cola? Pois bem, deve-se à presença, nas primeiras décadas de produção, de xarope de coca na formulação da Coca-Cola. Isso mesmo, o xarope vem das folhas de coca, de onde é extraída a cocaína – C17H21NO4.

Antes que seus efeitos nocivos fossem reconhecidos, tornando-a uma droga ilegal, a cocaína, isolada das folhas de coca por médicos, na década de 1800, era recomendada como anestésico e estimulante, sendo muitos os que ficaram encantados com seus miraculosos efeitos. Sigmund Freud recomendava o consumo da cocaína aos seus pacientes, em função de seus benefícios terapêuticos, chegando a escrever um tratado sobre o tema intitulado ÜberCoca. Sherlock Holmes, o célebre detetive criado por Sir Arthur Conan Doyle, em várias de suas histórias é descrito como contumaz usuário de cocaína, numa solução 7%. Jonh Stith Pemberton ao criar a fórmula da Coca-Cola, em fins do século XIX, apenas copiou a formulação do chamado “Vin Mariani” , elaborado por Ângelo Mariani, e que nada mais era do que uma solução de cocaína em vinho.

Porém, Pemberton fez uma  importante adição à fórmula de Mariani: a noz de cola africana (Cola é a denominação genérica de várias árvores da família das esterculiáceas, originárias da África. Seu fruto, chamado noz de cola, contém alcalóides).

*Ressalto que, no livro “Big Secrets” (“Grandes Segredos”, em tradução livre – sem edição brasileira), William Poundstone revela os ingredientes “secretos” de vários produtos, e a fórmula da coca-cola pode ser encontrada na página 43. Ela inclui extrato de baunilha, óleos cítricos e flavorizantes de suco de limão. Não existe cocaína na coca-cola, e tecnicamente nunca existiu: na realidade, ela utilizava as folhas da coca, que não é a mesma coisa que a cocaína, um derivado modificado das folhas.

A Pepsi, um dos únicos refrigerantes “de cola” que realmente concorrem com a Coca-Cola, deve seu nome à enzima digestiva pepsina, que fazia parte de sua formulação. Começou a ser produzida no início do século XX, tendo sido criada por um farmacêutico de nome Caleb Brandham, que inicialmente a registrou como Brad’s Drink, vindo depois a mudar o nome para Pepsi-Cola. Assim como a Coca, que com fins medicamentosos, a Pepsi foi inicialmente comercializada como um “calmante para o estômago”.

* Caleb Bradham, farmacêutico da Carolina do Norte, criou a “Brad´s Drink”, um xarope formulado para combater o excessode ácido péptico no estômago. Em 1898, a bebida foi batizada de Pepsi-Cola, tendo em sua composição “pepsina” e noz de cola.

A formulação atual da Pepsi só foi possível, em parte, graças a Theodor Schwann, que nascera em Neuss, então parte da Prússia, em 1810. Com apenas 24 anos, logo, em 1834, Theodor descobria a pepsina, uma enzima digestiva (em verdade, a primeira enzima digestiva a ser descoberta). A descoberta de Theodor demonstrou que uma vez misturado com ácido clorídrico (que já era reconhecido como um dos constituintes do suco gástrico) um extrato, preparado a partir de glândulas do tecido estomacal, exibia uma maior capacidade de “dissolver” carne do que o ácido clorídrico sozinho.

Theodor tornar-se-ia mais conhecido por ter elaborado, em 1839, a teoria celular, a qual afirmava, em termos gerais, que todos os seres vivos são feitos por células, ou por materiais formados por células, e que todas as células, como núcleo e membrana. O termo metabolismo, utilizado para nomear o conjunto de reações químicas que processam num organismo vivo, foi criado por Theodor.

Theodor Schwann faleceu em 1882. Certamente não imaginou, que algumas décadas mais tarde, estaria de alguma forma associado a um refrigerante. Assim são os intrigados caminhos da ciência…

 Texto original: Para Gostar de Ler a História da Químcia – Robson Fernandes de Farias. Vol. 2. Ed. Átomo, 2004.

*Informações complementares do texto: http://hypescience.com/17818-formula-secreta-coca-cola/

http://www.infoescola.com/multinacionais/pepsi/

3 opiniões sobre “A Cocaína e a Coca-Cola, Theodor Schwamn, a Pepsina e a Pepsi”

  1. Que assunto deveras interessante para meus alunos do cursinho de biologia.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s