Geologia

É a ciência que estuda a origem, a formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre, além das alterações sofridas por ela no decorrer do tempo. O geólogo investiga a ação das forças naturais sobre o planeta e seus efeitos, como a erosão, a glaciação e a desertificação. Para isso, ele pesquisa e analisa fósseis e minerais e a topografia dos terrenos. Esse especialista classifica rochas ígneas, sedimentares e metamórficas, que ocorrem tanto na superfície terrestre quanto no subsolo e no fundo do mar. Também localiza e acompanha a exploração de jazidas de minério, depósitos subterrâneos de água e reservas de petróleo, carvão mineral e de gás natural. Faz parte de suas preocupações procurar evitar os danos que a exploração desses recursos possa causar ao meio ambiente. Esse profissional elabora relatórios de impacto ambiental e analisa o terreno antes da realização de grandes obras, como túneis, barragens, reservatórios, usinas, estradas, ferrovias, pontes e aterros.

Pré-sal e PAC aquecem o mercado para o Geólogo

O Brasil, que já é carente de geólogos, deve ver a busca por esse profissional aumentar consideravelmente nos próximos anos. Entre os fatores responsáveis pelo aquecimento do mercado estão o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a descoberta do petróleo na camanda do pré-sal. No primeiro caso, obras de grande porte, como hidrelétricas e saneamento básico, exigem a presença do geólogo para avaliar o terreno e realizar relatórios de impacto ambiental. Já no setor do petróleo, eles atuam na localização das reservas, além de acompanharem toda a exploração.

Mercado de trabalho

“A mineração e a exploração depetróleo cresceram de forma impressionante na última década. Além disso, adescoberta do pré-sal mudou o mapa da exploração petrolífera no mundo”, afirmao professor Rualdo Menegat, coordenador do curso da UFRGS. E isso representa novas oportunidades para os geólogos. No setor de mineração, acordos do Brasil com outros países devem abrir oportunidade para que empresas brasileiras, como a Companhia Vale do Rio Doce, expandam suas operações. No setor público, a Petrobras e a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais costumam abrir concursos para contratar esse profissional. Outra opção são as agências reguladoras (de água ou energia elétrica, por exemplo). Quem trabalha no campo da geologia ambiental encontra chance como profissional liberal para determinar e delimitar aquíferos ou estabelecer pedreiras e avaliar o impacto dessas atividades para a empresaou a prefeitura da localidade. O mercado é mais forte em regiões de grande concentração empresarial, como Sul, Sudeste e Nordeste. Em todo o Brasil, companhias que fazemo monitoramento de postos de combustível para evitar vazamentos dos tanques também contratam o geólogo para elaborar análises técnicas. Na mineração, os estados quemais empregam são Minas Gerais, Bahia, Goiás, Tocantins e Pará, mas há novas frentes em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “O geólogo formado no Brasil também pode trabalhar em outros países, como Bolívia, Peru e Argentina, onde há explorações da Petrobras”, diz Menegat. Por isso, inglês é fundamental.

Salário inicial: R$ 3.270,00 (6 horas diárias); fonte: Confea.

Curso

O bacharelado começa com matérias básicas, como química, matemática, física e biologia, mas já no primeiro ano o aluno tem atividades de campo para se familiarizar com os conteúdos próprios da Geologia. Em seguida, entram no currículo algumas disciplinas específicas, comopetrografia (descrição e análise de rochas), sedimentologia e paleontologia. Apartir do terceiro ano, a ênfase é dada à formação profissional, com aulas de geologia econômica, sensoriamento remoto, tratamento de minérios e geologia urbana, entre outras. Parte considerável da formação ocorre em aulas práticas extra-classe. Nos trabalhos de campo, o estudante faz mapeamentos e coletamaterial que será mais tarde analisado em laboratório. Em algumas escolas, exige-se, no último ano, um trabalho de conclusão de curso, que pode ser feito em campoou em uma empresa, de acordo com o tema escolhido.

Duração média: cinco anos.

Outros nomes: Ciên. da terra – Geologia; Eng. Geológica.

Uma opção de bacharelado interdisciplinar (BI) é oferecida pela Ufopa, com o curso de Ciências da Terra. Após cursar três anos de disciplinas mais generalistas, o estudante pode ingressarem outro bacharelado: Geologia ou Geofísica (dois anos de duração).

O que você pode fazer

Engenharia geológica

Fazer o levantamento geológico e geotécnico de áreas para a construção de represas, túneis e estradas. Estudar a recuperação de áreas degradadas por atividades de mineração.

Geofísica

Pesquisar os fenômenos elétricos, térmicos, magnéticos, gravitacionais ou sísmicos do planeta.

Geologia ambiental

Planejar a ocupação de territórios e avaliar o risco geológico (erosões, enchentes e deslizamentos) a que essas regiões possam estar submetidas. recuperar solos contaminados.

Geologia forense

Aplicar técnicas de geologia para elucidação de crimes. Geologia do petróleo localizar e explorar reservas petrolíferas e de gás natural, dentro da área de recursos energéticos.

Hidrogeologia

Descobrir depósitos de água subterrâneos e planejar sua exploração de forma a garantir a pureza das águas.

Mineralogia

Estudar minerais e gemas, descrevendo e quantificando suas propriedades para uso industrial ou em joias.

Paleontologia

Localizar sítios que guardam fósseis, de modo a proteger o patrimônio paleontológico nacional.

Fonte: Guia do Estudante

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s