Engenharia de Controle e Automação – Bacharelado

É o ramo da engenharia que desenvolve e executa projetos de automação industrial. O engenheiro de controle e automação projeta e opera equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral, além de fazer sua manutenção. Ocupa-se do gerenciamento de projetos de automação industrial e comercial. É o responsável pela programação das máquinas e pela adaptação de softwares aos processos industriais. Em empresas que já estão automatizadas, redimensiona, opera e mantém os sistemas e equipamentos já instalados.

Dúvida do Vestibulando

CONTROLE E AUTOMAÇÃO OU MECATRÔNICA?

As duas engenharias partem, originariamente, de três áreas principais: mecânica, elétrica e computação. A diferença fundamental entre elas está na ênfase colocada em cada uma dessas três áreas. Enquanto a Engenharia Mecatrônica parte de uma base majoritariamente mecânica, a Engenharia de Controle e Automação parte de uma base elétrica, com bastante ênfase em controle e automação. Antes de optar por um curso, preste atenção nessa questão e confira a grade curricular e a ênfase dada.

O mercado de trabalho

Toda indústria, atualmente, tem alguma forma de automação, de um sistema simples aos mais elaborados. Isso facilita para esse engenheiro encontrar vagas. Além disso, o atual momento econômico do país impulsionou os investimentos, e as indústrias estão trabalhando a todo o vapor, demandando mais profissionais. Esse bacharel pode atuar em diversos setores, desde o petroquímico, passando por tecnologia da informação, até de alimentos. Ele é contratado pelas empresas para atuar no projeto e desenvolvimento de novos sistemas que visem a aumentar a produtividade de uma indústria e a qualidade dos produtos. Também pode gerenciar projetos de automação, fazer adaptação de softwares e banco de dados. O melhor caminho para entrar nas grandes indústrias é o estágio. “As companhias procuram os alunos para formar os profissionais. Assim, eles se adaptam a trabalhar dentro daquele ambiente, conhecem detalhes do funcionamento da empresa, os métodos específicos utilizados, e depois são contratados”, afirma Eduardo Lobo Lustosa Cabral, coordenador do curso da Mauá. A maior quantidade de empregos ainda está no eixo Rio-São Paulo. Nas indústrias que migraram para cidades do Nordeste também há possibilidade de vagas.
Salário inicial: R$ 3.060,00 (6 horas diárias; fonte: Crea-SP).

O curso

Como em todas as engenharias, nos dois primeiros anos o forte são as aulas de matemática, física, química e muita informática. Nesse curso, o aluno também estuda no início lógica digital, efeitos sociais da automação e sistemas processadores e periféricos. A partir do terceiro ano, misturam-se as disciplinas de engenharia mecânica, eletrônica e computação. Em mecânica, você estuda termodinâmica, elementos de máquinas e processos químicos, metalúrgicos e automotivos, entre outros. Em eletrônica estão matérias como eletrônica analógica e digital e na área de computação, aulas de estrutura de dados e sistemas de informação. Também há disciplinas integrativas, entre elas projetos de máquinas e integração da manufatura por computador. Nas atividades em laboratório, o aluno aprende a desenvolver, a projetar, a analisar e a controlar máquinas operadas eletronicamente. O estágio é obrigatório, assim como o trabalho de conclusão de curso.

Duração média: cinco anos. Outros nomes: Eng. de Autom.; Eng. de Autom. e Contr.; Eng. de Autom. e Contr. – Mecatr.; Eng. de Autom. Ind.; Eng. de Contr. e Autom. (mecatr.); Eng. de Contr. e Autom. de Processo; Eng. de Contr. e Autom. Ind.; Eng. de Contr. e Autom. Mecatr.; Eng. de Controle e Automação (mecatrôn.); Eng. Eletrôn. (ênf. em autom. e contr.); Eng. Ind. de Contr. e Autom.; Eng. Mecân. (contr. e autom.); Eng. Mecân. (ênf. em mecatr.); Eng. Mecân. Mecatrôn.; Eng. Mecatr.

O que você pode fazer

Automação comercial e domótica

Projetar sistemas automatizados de controle de equipamentos em edifícios comerciais e em residências, como elevadores, iluminação, aparelhos de ar condicionado e eletrodomésticos.

Automação industrial

Desenvolver e implantar projetos de automação em indústrias. Manipular robôs industriais.

Bioprocessos

Projetar, construir e operar equipamentos empregados nas indústrias de biotecnologia.

Informática

Projetar sistemas de informação e bancos de dados. Programar equipamentos automatizados.

Fonte: Guia do Estudante

2 opiniões sobre “Engenharia de Controle e Automação – Bacharelado”

  1. Adriano Gama disse:

    Boas,
    gostaria de saber se poderia utilizar a imagem de Engenharia de Controle e Automação
    numa camisola de curso (Mestrado em Engenharia de Automação Industrial) na universidade de Aveiro – Portugal.
    Cumprimentos

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s