Música

É arte e a técnica de criar melodias combinando ritmos e sons vocais, instrumentais, acústicos ou eletrônicos. Esse bacharel pode compor, reger e interpretar obras eruditas e populares. Como compositor, cria peças e anota-as em partituras para ser executadas por instrumentistas e cantores. Como arranjador, faz versões de uma peça musical. Como maestro, dirige orquestras, bandas, conjuntos instrumentais e vocais. Já como intérprete, pode se especializar na execução de determinado instrumento ou dedicar-se ao canto. Esse profissional atua em concertos, espetáculos musicais, gravações de trilhas sonoras e de CDs. Também é requisitado para criar jingles para filmes comerciais e publicitários. Pode trabalhar em estúdios de gravação, produzindo música com aparelhos eletrônicos, ou trabalhar com a sonorização de espetáculos musicais e teatrais. Com a licenciatura, está apto a lecionar nos ensinos Fundamental e Médio. Seja qual for sua área de atuação, é fundamental que ele tenha pleno domínio de programas de computação que controlam o registro e a edição de arranjos musicais em equipamentos digitais de reprodução e gravação.

Mercado de Trabalho

A educação musical em escolas públicas e particulares é a área que mais tem demandado licenciados em música. Isso porque o Ministério da Educação (MEC) tornou obrigatória a disciplina nosensinos Fundamental e Médio. Como professor, o graduado ensina às criançasnoções básicas de música, canto, ritmos e instrumentos regionais. Cresce aindao número de cursos livres. O mercado também se encontra aquecido fora das salas de aula. “Estamos passando por um momento pós-estabilização da economia, e aárea cultural tem ganhado muito apoio, com programas sendo abertos, orquestrase pequenos grupos de música de câmara sendo criados. A maioria dos alunos apartir do segundo ano já está inserida no mercado”, garante Fernando Hashimoto, coordenador do bacharelado em Música da Unicamp. Há uma série de editais na iniciativa privada, como Itaú Cultural, em casas de cultura e em instituições públicas, como secretarias de Cultura e Funarte, que contemplam o trabalho desse profissional. Ele é contratado para atuar, além de na área artística, na produção e administração de espetáculos e na gestão de projetos. O mercado publicitário também contrata o profissional para a criação de jingles e ringtones. Os estados da Região Sudeste concentram o maior número de oportunidades.

Salário inicial: R$ 668,00 (CD, por faixa); R$ 740,00 (jingle, por faixa); fonte: Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado doRio de Janeiro.

Curso

Disciplina diária de estudo e, na maioria das escolas, alguma vivência no campo musical são pré-requisitos básicos para quem pretende ingressar no curso. O processo de ingresso incluiteste de conhecimentos gerais sobre a área e uma prova de aptidão, nos quais são avaliadas a técnica e a habilidade em Música. A matriz curricular tem disciplinas como história da música e da arte e percepção musical. O bacharelado oferece várias habilitações, como canto, composição, regência e instrumento. A formação para o futuro professor de música é obtida por meio da licenciatura, que recebe diferentes denominações, como Educação Artística (Música), Educação Musical e Música (Educação Musical).

Duração média: quatro anos para Canto, Instrumento e Licenciatura; seis anos para Composição Eregência.

Outros nomes: Aartes (Mus.); Canto; Comp. e Regência; Educ. Art. (Mús.); Educ. Musical; Instr.; Mús. e Tecnol.; Mús. Popular.

O que você pode fazer

Canto

Atuar em óperas ou recitais e também em gravações. Organizar e fazer a preparação vocal de corais.

Composição e arranjo

Criar partituras musicais para instrumentistas ou cantores. Elaborar trilhas sonoras de filmes, animações, peças teatrais, CDs-ROM e websites, assim como jingles para filmes publicitários.

Ensino

Dar aulas em escolas de música, para crianças de pré-escola (educação musical) e para estudantes dos ensinos fundamental e Médio (mediante diploma de licenciatura).

Instrumento

Tocar um instrumento como solista e em orquestras, bandas ou grupos instrumentais de formações diversas.

Pesquisa

Fazer estudos e desenvolver pesquisas acadêmicas, de investigação e de resgate de cultura na área de música.

Regência

Organizar, ensaiar e dirigir conjuntos, orquestras e corais. Escolher as peças e os intérpretes que irão executá-las. Coordenar ensaios e orientar instrumentistas e cantores.

Fonte: Guia do EStudante

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s