FUNGOS – LÍQUENS

  • MICOLOGIA    estudo dos fungos  (= mikas ; myketos).
  • Os fungos      ou seus esporos são encontrados praticamente em todos os ambientes:      água, terra, ar e nos organismos (como parasitas ou mutualísticos).
  • Suas células      eucarióticas possuem membrana esquelética de      quitina (polissacarídeo que aparece no      exoesqueleto de artrópodos). Apresentam também outras      características de animais, como glicogênio (reserva      de açúcar) e centríolos.

CLASSIFICAÇÃO: – critérios:

1. Tipo de célula = eucariontes:

  • parede      celular:
    • quitina       (polissacarídeo nitrogenado).
    • celulose       ou hemicelulose (raro!)
  • citoplasma = grânulos de glicogênio      (reserva).

2. Número de células: – unicelulares = leveduras.

3. Tipo de nutrição: – todos são HETERÓTROFOS.

  •                  Decompositores               absorção após digestão por enzimas lançadas      “externamente” sobre o alimento (SAPRÓFITAS).
Mutualismo   (simbiose)       micorrizas (fungos + raízes)!
liquens = fungos + algas (verdes ou   azuis).
  • Predadores              “vermes”      terrestres.
  • parasitas      (patogênicos)                micoses (externas ; internas = micetomas ou      tumores).

Importância dos Fungos

– Os fungos, juntamente com as bactérias do solo, fazem a decomposição de cadáveres de aimais e de plantas. Nesse papel de decompositores da cadeia alimentar, eles permitem a reciclagem dos elementos químicos que constituem a matéria orgânica.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s