Curiosidades Científicas – Microbiologia

Vírus

Dez mil vezes menores que as bactérias, eles não passam de material genético com uma capa de proteína. Alguns cientistas nem os consideram seres vivos, porque não têm metabolismo próprio: usam as células dos organismos que invadem para se reproduzir. Só o vírus da AIDS matou 25 milhões de pessoas nos últimos 20 anos – enquanto o da gripe espanhola eliminou o mesmo número em apenas 2 anos (1918-1919). Aliás, os vírus da gripe, como o influenza, são extremamente difíceis de controlar, por estarem constantemente em mutação.

Protozoários

São unicelulares como as bactérias, mas possuem (assim como as células de plantas e animais) organelas, que ajudam a processar nutrientes e gerar energia, como minúsculos pulmões, estômagos e outros órgãos.Existem protozoários visíveis, de até 2 milímetros. Outros são mil vezes menores. O maior assassino entre microorganismos é um protozoário: o plasmodium falciparum (na SUPER aparece foto atacando um glóbulo vermelho). Ele causa a malária, que mata 2 milhões de pessoas por ano.

Bactérias

Seres unicelulares que não possuem sequer um núcleo separado por membrana. Depois dos vírus, são as criaturas mais simples que existem, medindo entre 0.5 e cinco milésimos de milímetro. Foram a primeira forma da vida a surgir na terra há 3 bilhões de anos. Com tanto tempo de vida, tornaram-se bem resistentes e algumas são inimigas terríveis, como a Neisseria gonorrhoeae, que, sexualmente transmissível, causa a gonorréia, por exemplo. Por outro lado são as grandes faxineiras do planeta, decompondo plantas e animais mortos.

Bacilos

Esse é o nome dado as bactérias em forma de bastão, enquanto as esféricas são chamadas de cocos e as curvas, de vibriões. Os bacilos ficaram mais famosos por causarem doenças como a tuberculose – cujo agente, Mycobacterium tuberculosis, é mais conhecido como Bacilo de Koch. Recentemente, o Bacillus Anthracis, que transmite a letal infecçao Antraz, ganhou notoriedade como arma bacteriológica na mão de terroristas. Mesmo assim, a grande maioria dos bacilos, como dos outros tipos de bactérias, não é nociva.

Fungos

A variedade é enorme. Alguns fungos como os cogumelos, são bem desenvolvidos, mas os que interessam aqui são unicelulares e contém organelas, como os protozoários. Entre os mais chegados ao ser humano está a Candida albicans, que causa micoses, já o Penicillium roqueforte serve para fabricar queijos como gorgonzola e, claro, roqueforte. Com outro fungo do gênero Penicilium, a notatum, faze-se a penicilina, um dos antibióticos que mais salvam vidas.

Fonte: Revista SUPERINTERESSANTE, edição 185/fevereiro de 2003.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s