Jornalismo

São a procura e a divulgação de informações por meio de veículos de comunicação, como jornais, revistas, rádio, TV e internet. O jornalista é o profissional da notícia. Ele investiga e divulga fatos e informações de interesse público, redige e edita reportagens, entrevistas e artigos, adaptando o tamanho, a abordagem e a linguagem dos textos ao veículo e ao público a que se destinam. Senso crítico, capacidade de expressão, domínio do português e de técnicas de redação são fundamentais no exercício da profissão. Ele precisa dominar, também, os softwares de edição de textos e de imagens.

O mercado de trabalho
O mercado que se encontra em expansão é o das mídias digitais. “É importante que o jornalista esteja por dentro das novidades tecnológicas, pois há um grande campo de trabalho, principalmente na área de internet”, diz Urbano Nobre Nojosa, coordenador do curso da PUC-SP. O bacharel pode encontrar oportunidades em portais, revistas on-line, blogs e sites de empresas. A comunicação corporativa ou empresarial é outra área que pode ser promissora, pois costuma oferecer mais oportunidades de trabalho do que as redações de revistas, jornais e agências de notícias. A mais recente pesquisa com mil grandes empresas nacionais e estrangeiras, encomendada pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), em 2008, com o objetivo de conhecer a fundo como estava estruturado o setor de comunicação das organizações, revelou que cerca de 65% das companhias entrevistadas pretendiam aumentar os investimentos em comunicação nos próximos anos. O profissional que optar por se especializar em uma área específica do jornalismo, como moda, ciência, saúde, meio ambiente e tecnologia, por exemplo, pode encontrar espaço para atuar também como redator setorizado, seja em mídia digital, seja em mídia impressa. Os maiores empregadores continuam nas capitais, principalmente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, mas cresce o número de oportunidades em cidades do interior, sobretudo da Região Sudeste. Além de trabalhar com carteira assinada, muitos jornalistas atuam como prestadores de serviços, fazendo trabalhos esporádicos, ou com empresas próprias de comunicação.

Salário inicial: R$ 1.833,00 (5 horas diárias em jornais ou revistas da capital); R$ 2.075,78 (assessoria de imprensa na capital); fonte: Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.

O curso
As disciplinas básicas são língua portuguesa, economia, teoria da comunicação, filosofia, história da arte e sociologia. Matérias específicas também compõem o currículo, como jornalismo interpretativo e informativo, técnicas de redação e edição de texto, novas tecnologias de comunicação e design gráfico. Há aulas práticas de fotojornalismo, jornalismo impresso e online, rádio e TV. Na grande maioria das escolas, o curso é oferecido como habilitação do curso de Comunicação Social. Os alunos precisam apresentar um trabalho de conclusão de curso para receber o diploma. Já o estágio, embora não seja obrigatório, é recomendável, pois pode abrir portas no mercado de trabalho. Fique de olho: Alguns cursos têm ênfase específica, como multimeios (UNA, Uneb-BA e Unimonte). A PUC Minas e a Univale oferecem Gestão da Comunicação Integrada, que proporciona uma formação mais geral, com disciplinas de Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda. Já a Uespi oferece dupla habilitação, em Jornalismo e Relações Públicas.

Duração média: quatro anos.

Outros nomes: Comun. Soc. (jornalismo e multimeios); Comun. Soc. (jornalismo e rel. públ.); Comun. Soc. (jornalismo); Comun. Soc. (jornalismo: ênf. em gestão da comun.); Comun. Soc. (jornalismo: ênf. em multim.); Gestão da comun. int. (jornalismo); Jornalismo e Comun.; Jornalismo Multimídia.
O que você pode fazer
Comunicação digital multimídia
Criar, montar, implantar e cuidar da manutenção de websites, intranets e extranets. Redigir e editar boletins e revistas eletrônicas. Administrar conteúdos na internet.

Comunicação empresarial
Promover o contato entre determinada organização com a imprensa e outros públicos-alvo, como funcionários, fornecedores, clientes, governo, entidades, a fim de divulgar o nome da empresa, seus valores e produtos.

Edição
Definir o enfoque e o tamanho da reportagem e escrever o texto final. Em veículos impressos e na internet, selecionar fotos e ilustrações que serão usadas. Em rádio e TV, combinar imagens e/ou sons numa mesma fita para dar forma final a documentários e noticiários.

Fotojornalismo
Fotografar cenas reais, pessoas e acontecimentos para reportagens em jornais, revistas ou internet.

Reportagem
Coletar informações e redigir textos para divulgação em rádio, televisão, jornais, revistas ou internet.

Fonte: Portal Guia do Estudante

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s