Tags

,

Christian Johann Doppler nasceu na Áustria. Foi educado no Instituto Politécnico de Viena, tornando-se mais tarde, diretor do dopplerInstituto de Física e professor de Física Experimental na Universidade de Viena. Escreveu seus primeiros trabalhos no campo da Matemática mas, em 1842, publicou uma obra intitulada “Sobre as Cores da Luz Emitida pelas Estrelas Duplas”, na qual ele apresenta os fundamentos do efeito Doppler, tanto com o som quanto com a luz.

austria

Doppler observou que o comprimento de uma onda sonora produzida por uma fonte em movimento se altera. Quando a fonte está se aproximando do observador, o comprimento de onda diminui (ou seja, o som se torna mais agudo); quando ela se afasta, ele se torna maior (fica mais grave).

efeito dopplerAlguns anos mais tarde, foi feita uma demonstração experimental para confirmar a validade dessa formulação: acomodaram vários corneteiros sobre um vagão aberto, puxado por uma locomotiva. Foram utilizadas diversas velocidades, emitindo-se uma nota diferente a cada vez. Enquanto isso, na plataforma da estação, vários músicos de ouvido apurado registravam as notas que conseguiam ouvir. Os resultados confirmaram as previsões calculadas com a equação de Doppler.

Esse fenômeno, conhecido até hoje como efeito Doppler, não é exclusivo do som, mas se manifesta também nas ondas eletromagnéticas. Doppler chegou a prever que ele seria válido para a luz, mas isso só pôde ser devidamente explicado mais tarde, pelo francês Fizeau.

No caso da luz, o efeito Doppler mostrou-se particularmente útil para os astrônomos na análise da luz emitida por corpos distantes no espaço (Quando a fonte se afasta do observador um objeto parecerá mais vermelho do que o normal). A aplicação do efeito a estes casos reforçou a teoria de um universo em expansão.

Fonte: Sala de Física do Geocites