Tags

, , ,

Os personagens da figura estão representando uma situação hipotética de cadeia alimentar.

cadeia alimentar

Disponível em: www.cienciasgaspar.blogspot.com.

 Suponha que, em cena anterior à apresentada, o homem tenha se alimentado de frutas e grãos que conseguiu coletar. Na hipótese de, nas próximas cenas, o tigre ser bem-sucedido e, posteriormente, servir de alimento aos abutres, tigre e abutres ocuparão, respectivamente, os níveis tróficos de:

a) produtor e consumidor primário.

b) consumidor primário e consumidor secundário.

c) consumidor secundário e consumidor terciário.

d) consumidor terciário e produtor.

e) consumidor secundário e consumidor primário.

 2. Um grupo de ecólogos esperava encontrar aumento de tamanho das acácias, árvores preferidas de grandes mamíferos herbívoros africanos, como girafas e elefantes, já que a área estudada era cercada para evitar a entrada desses herbívoros. Para espanto dos cientistas, as acácias pareciam menos viçosas, o que os levou a compará-las com outras de duas áreas de savana: uma área na qual os herbívoros circulam livremente e fazem podas regulares nas acácias, e outra de onde eles foram retirados há 15 anos. O esquema a seguir mostra os resultados observados nessas duas áreas.

acaciasDe acordo com as informações acima,

a) a presença de populações de grandes mamíferos herbívoros provoca o declínio das acácias.

b) os hábitos de alimentação constituem um padrão de comportamento que os herbívoros aprendem pelo uso, mas que esquecem pelo desuso.

c) as formigas da espécie 1 e as acácias mantêm uma relação benéfica para ambas.

d) os besouros e as formigas da espécie 2 contribuem para a sobrevivência das acácias.

e) a relação entre os animais herbívoros, as formigas e as acácias é a mesma que ocorre entre qualquer predador e sua presa.

Comentários:

a) (falso) – A presença dos grandes mamíferos não significa declínio na população de acácias, mas a maior ou menor produção de néctar

b) (falso) – O texto e o diagrama não trabalham este aspecto, e mesmo que trabalha-se, tendo como exemplo o habito alimentar, uma mudança de habito não ocorre simplesmente pelo desuso, mas pela disponibilidade ou não de um determinado nutriente. Esta alternativa interpreta o aspecto alimentar de forma incoerente, através da Lei do Uso e Desuso,base da teoria de Lamarck

c) (verdadeiro) – Sim, pois pode ser observado na primeira coluna do diagrama que o domínio de formigas da espécie 1 coincide com a preservação das acácias.
d) (falso) – Pelo contrário, a relação estabelecida entre estes artrópodes e as acácias é desarmônica (onde pelo menos,uma das espécies sai perdendo) provocando o enfraquecimento das acácias. 
e) (falso) – Uma cadeia alimentar pode conter  relações de diferentes tipos entre  a presa e o predador não sendo simplesmente generalizada por meio da exemplificação de animais herbívoros, formigas e acácias. 

 3. Os vaga-lumes machos e fêmeas emitem sinais luminosos para se atraírem para o acasalamento. O macho reconhece a fêmea de sua espécie e, atraído por ela, vai ao seu encontro. Porém, existe um tipo de vaga-lume, o Photuris, cuja fêmea engana e atrai os machos de outro tipo, o Photinus, fingindo ser desse gênero. Quando o machoPhotinus se aproxima da fêmea Photuris, muito maior que ele, é atacado e devorado por ela.BERTOLDI, O.G.; VASCONCELOS, J.R. Ciências & Sociedade: a aventura da vida, a aventura da tecnologia. São Paulo: Scipione, 2000 (adaptado).

A relação descrita no texto, entre a fêmea do gênero Photuris e o macho do gênero Photinus, é um exemplo de:

a) comensalismo

b) inquilinismo                    c) cooperação

d) predatismo                      e) mutualismo

 4. Observando a história em quadrinhos abaixo, que ilustra de forma bem humorada como a natureza funciona, é correto concluir que:

cadeia alimentar 2

 a) Animais consumidores um dia se tornarão presas.

b) As plantas podem agir como consumidores finais da cadeia alimentar.

c) Ocorre aumento do saldo energético de um nível trófico para outro, dos produtores aos decompositores.

d) O mimetismo é comum em vários grupos animais como estratégia para capturar as presas.

e) As relações entre os animais da cadeia alimentar ilustrada são desarmônicas e intraespecíficas.

Clique aqui para ver a apresentação.