Tags

, , ,

Desse total, 1.920 contemplam interessados em estudar nas escolas técnicas. Outras 260 são para centros tecnológicos. Inscrições, até dia 24, ocorrerão só pela internet

curso técnicoO governo estadual publicou, nesta terça-feira, o edital da seleção que vai disponibilizar mais de duas mil vagas para cursos técnicos oferecidos na Região Metropolitana e interior. Desse total, 1.920 oportunidades contemplam escolas técnicas de ensino médio. As outras 260 são para os centros tecnológicos. As inscrições podem ser feitas até o dia 24, no site www.fadurpe.com.br/seep2013.

Os estudantes que não têm acesso à internet poderão efetuar as inscrições nas escolas técnicas estaduais e nos centros tecnológicos de educação, das 8h ao meio-dia ou das 13h às 17h, onde computadores estarão disponíveis. As provas serão realizadas no dia 10 de março.

Interpretação e tradução em libras, segurança do trabalho, saúde bucal, prótese dentária, análises clínicas, enfermagem, administração, logística, redes de computadores, comércio, informática, meio ambiente, agropecuária, vestuário e informática para a internet são os cursos oferecidos nas escolas técnicas, todos eles voltados para estudantes que já concluíram o ensino médio.

Comunicação visual, química, modelagem do vestuário, alimentos, desenho da construção civil, química e eletrotécnica serão oferecidos nos centros tecnológicos para candidatos que estejam cursando o 3º ano do ensino médio. Alunos de escolas públicas concorrerão a 80% das vagas e 20% ficarão disponíveis para estudantes de instituições privadas. Os cursos duram entre um ano e seis meses e dois anos.

O processo seletivo será realizado pela Fundação Apolônio Salles de curso técnico2Desenvolvimento Educacional e os candidatos responderão a questões de matemática e língua portuguesa.

As inscrições custam R$ 20 e podem ser pagas em casas lotéricas ou agências bancárias até o dia 25. Beneficiários de programas sociais devem comprovar cadastro para garantir a isenção de pagamento da taxa. Já os cartões de inscrição estarão disponíveis no site a partir do dia 4.

Para o secretário-executivo de educação profissional, Paulo Dutra, os cursos representam oportunidades para jovens que querem garantir a sua inserção no mercado de trabalho. “Em diversos cursos, os alunos têm a chance de passar por um estágio nos últimos períodos e, a partir daí, ingressar no mercado”, ressaltou. “Em 2007, havia apenas cinco escolas técnicas em Pernambuco, hoje são 25. O Estado passa por uma transformação econômica grande e, para acompanhar, é necessário promover transformações sociais”, afirmou Dutra.

Fonte: JC Online