Tags

, , , , , ,

Eles estão em toda parte, no seu rosto, no couro cabeludo ou até no intestino. Conheça nossos parasitas.

Grudado em você

carrapatoAnimal: Carrapato (Amblyomma cajennense)

Tamanho: até 2 cm

Onde: Pele

Há mais de 800 espécies deste parasita. O mais comum nos humanos é o carrapato-estrela, também chamado de pólvora e micuim. Como se alimenta de sangue, pode transmitir doenças e, nos casos mais graves, levar à necrose dos tecidos e até a morte.

Tá na cara

demodex folliculorumAnimal: Cravo (Demodex folliculorum)

Tamanho: ~4 mm

Onde: Epiderme

Aqueles pontinhos pretos no nariz ou na testa não são sujeira. São um ser vivo – e bem feio. É um tipo de ácaro do filo dos artrópodes. O contágio acontece pelo contato com outra pele infectada. As fêmeas grávidas migram para a derme do novo hospedeiro e se fixam próximos a glândulas sebáceas para se alimentar de sua secreção.

É coisa da sua cabeça

piolhoAnimal: Piolho (Pediculus capitis)

Tamanho: cerca de 3mm

Onde: Couro cabeludo

Este inseto desagradável fica agarrado aos fios de cabelo e se alimenta de sangue. A fase reprodutiva da fêmea pode durar semanas e ela chega a colocar, por dia, em média, dez ovos (as famosas lêndeas). Além da coceira, o bicho pode transmitir doenças, como a febre tifoide.

Fita métrica

taêniaAnimal: Tênia (Taenia sollium ou Taenia saginata)

Tamanho: até 8 m

Onde: intestinos

Nem todos os nossos “caronas” são microscópicos. Este membro do filo dos platelmintos pode ter quatro vezes a altura do hospedeiro! Ele entra no nossos organismo quando comemos carne de boi ou porco infectada e, por ser hermafrodita, se fecunda para dar continuidade ao seu ciclo de vida.

Fonte: Almanaque das nojeiras – São Paulo: Abril, 2012.(Mundo Estranho)