Tags

, ,

enem 2012.As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012 são aguardadas com ansiedade por cerca de 4 milhões de estudantes. Mas a espera pode estar perto do fim. A previsão, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), é de que o resultado seja divulgado nesta sexta-feira, 28 de dezembro.

A expectativa é justificada pelo leque de possibilidades que o resultado do Enem 2012 oferece aos que pretendem cursar o ensino superior. As notas podem ser utilizadas para conseguir uma vaga em universidades, concorrer no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2013, disputar bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni), solicitar financiamento através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e, ainda, obter o certificado de conclusão do ensino médio.

Entenda mais sobre as formas de uso das notas do Enem

– Em 2012, várias universidades públicas passaram a utilizar o Enem em substituição à primeira fase do vestibular, como é o caso da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), outras, utilizam o resultado como complemento da nota. As faculdades particulares também aceitam o resultado do Enem nos seus processos seletivos.

– Os alunos que tiraram nota maior que zero na redação do Enem podem se inscrever para concorrer a uma vaga em cursos de universidades e institutos federais através do Sisu. O prazo de inscrição começa no dia 7 de janeiro e segue até o dia 11 de janeiro de 2013.

– Caso as regras do ProUni continuem as mesmas, os interessados em concorrer à bolsas parciais e integrais de estudos em instituições particulares precisam obter 400 pontos na média das cinco provas do Enem 2012, não ter zerado na redação e atender aos critérios de renda exigidos pelo programa.

– No Fies, todos os participantes do Enem 2012 com renda familiar até 20 salários mínimos podem solicitar o financiamento. Porém, apenas os alunos que possuem renda familiar até 10 salários podem requerer o financiamento total da mensalidade.

– O estudante que optou, no ato da inscrição, em obter o certificado de conclusão terá que conseguir 500 pontos na redação e, no mínimo, 450 em cada uma das provas objetivas. Quem alcançar a pontuação necessária deve procurar a Secretaria de Educação do seu estado ou os institutos federais credenciados para solicitar a emissão do certificado.

Fonte: Site Diário de Pernambuco.