Tags

, , , , ,

Este ano, o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) registrou um grande aumento nas inscrições dos cursos técnicos. A procura foi refletida em todos os campi da instituição espalhados por Pernambuco. O número de inscritos na modalidade Técnico Subsequente, que exige Ensino Médio completo, subiu 37,49% em relação ao ano passado.

O índice pode ser exemplificado pelo curso de Edificações, que obteve a maior concorrência na modalidade, com 36,27 candidatos por vaga. Segurança do Trabalho, do campus Recife, foi o segundo mais concorrido, com 1.341 candidatos inscritos para 44 vagas no turno da noite, um total de  30,48 estudantes por vaga.

Clique no link para acessar a lista completa da relação concorrente/vaga do IFPE/2013. (concorrências ifpe 2013)

Em Caruaru, os cursos técnicos também ganharam destaque. O curso de Segurança do Trabalho, na modalidade Subsequente, registrou a maior concorrência. São 24,09 candidatos por vaga. A procura é maior até do que o bacharelado em Engenharia Mecânica (20,16), segundo curso mais concorrido do campus.

Entre todas as modalidades, o curso Técnico de Segurança do Trabalho integrado ao Ensino Médio do Campus Recife é o mais procurado. São 39,02 candidatos por vaga. Na sequência dos cursos mais concorridos na modalidade Integrado surge Edificações, com 1.625 candidatos disputando 44 vagas (36,93), seguido por Mecânica, com 1.100 candidatos inscritos para 44 vagas (25).

Já entre os cursos superiores, o mais concorrido foi o de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com 1.436 candidatos disputando 44 vagas, numa razão de 32,64, seguido por Gestão Ambiental, com 1.384 candidatos concorrendo a 44 vagas (31,36), e Gestão de Turismo, com 784 candidatos inscritos para 44 vagas. Todos oferecidos no Campus Recife.

Um total de 50.882 candidatos disputarão as 6.872 vagas oferecidas no Vestibular 2013 do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). Número 38,3% maior que o do ano passado, quando foram registrados 36.790 inscritos. As provas acontecem no dia 16 de dezembro.

Fonte: Blog do Diário de Pernambuco