Tags

, , , , , , ,

APÊNDICE

Para fortalecer a proteção do organismo contra bactérias, fungos, vírus e protozoários. Componente do sistema digestivo, o apêndice é uma bolsinha de 5 a 10 cm e fica no começo do intestino grosso. Tudo o que passa pelo trato digestivo permanece nesse canal por um curto espaço de tempo, servindo como uma amostra do que está entrando no corpo: se o apêndice dá o alerta, anticorpos são fabricados para combater a ameaça. Ironicamente, muitas pessoas já sofreram com apendicite – inflamação do apêndice, que pode até matar se não for tratada a tempo. As causas desse mal não são muito conhecidas, mas é provável que resulte de corpos estranhos infecciosos retidos no apêndice ou fezes endurecidas que levam ao rompimento da bolsa.

Mamilos Masculinos

Não tem mesmo serventia nos homens. Mas todos – meninos e meninas – nascem com mamilos. Só na adolescência é que as glândulas mámarias vão se desenvolver nas garotas.

AMÍGDALAS E ADENOIDES

Imprescindíveis no desenvolvimento da imunidade, essas glândulas barram resíduos de corpos estranhos que entram no organismo. Isso evita que sejamos pegos de surpresa por inúmeras doenças.

BAÇO

COSTELAS FALSAS

A oitava, a nona e a décima costela de nosso esqueleto, diferentemente das demais, não se juntam ao osso esterno. De qualquer forma, elas protegem o fígado e o baço de impactos.

DENTES DO SISO

Na antiguidade, nossa alimentação incluía muita coisa crua –  o que significava esforço de mastigação. Cozinhar os alimentos tornou a comida macia e os dentes do siso, dispensáveis.

CÓCCIX

Este pequeno ossa da coluna seria um resíduo do rabo do macaco, no processo evolutivo. Ainda hoje, tem papel fundamental na nossa elasticidade, facilitando movimentos como os de sentar e levantar.

Fontes: Site UOL Educação; Revista Science, Revista Mundo Estranho