Tags

, ,

Em sua autobiografia, Thomas Jefferson nos dá a sua interpretação sobre a história da Declaração da Independência. Você pode encontrar um trecho aqui (site em inglês).

A Declaração da Independência
A maioria das pessoas sabe que a Declaração da Independência dos EUA foi assinada no dia 4 de julho de 1776. Mas de onde veio a declaração? E o que realmente foi assinado?

Uma das coisas mais interessantes que encontramos na narrativa de Thomas Jefferson é que a Declaração da Independência não foi o primeiro documento escrito. Em julho de 1774, ele escreveu um documento preliminar conhecido como “A Summary View of the Rights of British America” – Uma visão resumida dos direitos da América Britânica – [Fonte: Liberty Online – em inglês], que estabeleceu uma premissa fundamental: a de que a Grã-Bretanha não deveria ter autoridade sobre as colônias americanas. Isso ia além da idéia do “não aos impostos sem representação”, e resume as crenças básicas de muitos colonos. Eles queriam se libertar das leis britânicas. O documento de Jefferson colocou essas crenças no papel pela primeira vez.

Logo depois, em 1776, Jefferson escreve:

“No Congresso, sexta-feira, 7 de junho de 1776 – os delegados da Virgínia, movidos em obediência às instruções de seus constituintes, afirmam que o Congresso deve declarar que essas colônias unificadas são Estados independentes, livres, e que estão absolvidas da obediência à coroa britânica, e que toda a conexão política entre eles e o estado da Grã-Bretanha é, e deve ser, totalmente dissolvida; que medidas devem ser imediatamente tomadas para obter a assistência de forças estrangeiras, e uma Confederação deve ser formada para reunir as colônias.”

Por que as pessoas pensavam dessa forma? Uma das razões é um homem chamado John Locke, que escreveu sobre o papel do governo. O Segundo Tratado do Governo Civil de Locke contém muitas das idéias que culminaram na Declaração da Independência [Fonte: Universidade do Estado do Oregon – em inglês].

Apresentando a declaração de independência ao Congresso

O Congresso criou um comitê, no dia 11 de junho de 1776, para escrever uma declaração oficial de independência. No comitê estavam John Adams, Benjamin Franklin, Thomas Jefferson, Robert Livingston e Roger Sherman. O comitê pediu a Jefferson para escrever a Declaração e ele trabalhou nela para criar um rascunho entre os dias 12 e 27 de junho. Esse documento foi lido para o Congresso no dia 28 de junho, e debates e revisões seguiram-se nos próximos dias. A declaração foi adotada pelo Congresso no dia 4 de julho de 1776. Versões impressas foram enviadas às colônias no dia 5 de julho. Uma versão em jornal foi impressa pela primeira vez em um jornal da Pensilvânia no dia 6 de julho. Ela foi lida aos membros do Exército de George Washington no dia 8 de julho.

Fonte: http://pessoas.hsw.uol.com.br/