Tags

, , , , ,

 A greve das instituições federais de ensino obrigou o Ministério da Educação (MEC) a mudar o calendário do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do meio do ano. O prazo de matrícula foi estendido em sete dias e vai, agora, até 9 de julho.
Em nota, o MEC afirma que a medida é preventiva. “Esta é mais uma precaução do ministério para permitir que todos os estudantes aprovados no Sisu possam fazer sua matrícula sem nenhum problema”, diz, no comunicado, o secretário de Educação Superior da Pasta, Amaro Lins. Apesar do motivo ser a greve, o texto não cita o movimento diretamente.

Mais de 50 instituições estão em greve há 36 dias. A adesão dos servidores técnicos, no último dia 11, pressionou ainda mais os prazos do processo. São eles os responsáveis pelas matrículas, que devem ser presenciais.

Fonte: Agência Estado