Tags

, , , , ,

Cientistas chineses criaram mecanismo que permitiu a fóton mudar de ponto sem se perder

São Paulo – Cientistas chineses da Universidade de Ciência e Tecnologia da China, em Xangai, conseguiram teletransportar um objeto quântico por 97 quilômetros em quatro horas pela primeira vez.

Para isso, os pesquisadores criaram um mecanismo guiado a partir de um laser de 1,3 watt. Ele permitiu a um fóton mudar de ponto sem se perder.

O teletransporte quântico acontece com o uso de um fóton, capaz de transmitir o estado quântico de um objeto a outro. Assim, é possível que o receptor se transforme em um clone daquele que envia os dados.

A ideia é que não seja o objeto físico o teletransportado, mas a informação que o descreve. Portanto, não há desmaterialização e rematerialização física.

Em 2010, o mesmo grupo de físicos anunciou ter teletransportado fótons individuais por quase 16 quilômetros. Porém, a distância não foi considerada boa suficiente para ser útil.

A descoberta alimenta ideias para o uso dessa tecnologia. Satélites baseados em comunicação quântica são uma aplicação muito útil para a criptografia quântica a partir do teletransporte.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/ciencia/noticias/fisicos-teletransportam