Últimas do ENEM 2010

Tags

, , , ,

Diretamente do site do ESTADÃO e MSN.

 

PF vê ‘indícios’ de que vazamento do Enem ‘tem fundamento’

Por Angela Lacerda, estadao.com.br, Atualizado: 9/11/2010 18:45

A Polícia Federal de Juazeiro (BA) iniciou na segunda-feira, dia 9, as investigações preliminares para apurar denúncia de suposto vazamento do tema da redação do Enem, a partir de denúncia feita por professores de um curso pré-vestibular de Petrolina (PE). A cidade, a 769 quilômetros do Recife, é separada de Juazeiro (BA) pelo Rio São Francisco. ‘Há indícios de que a história tem fundamento’, observou o delegado federal Alexandre de Almeida Lucena.

O delegado colocou uma equipe para fazer um levantamento inicial do ocorrido e coletar nomes de professores e alunos a serem ouvidos. O passo seguinte, se a história tiver consistência, será a instauração de inquérito policial. ‘Neste caso, vamos buscar saber como se deu (o suposto vazamento) e se alguém recebeu vantagem’, afirmou o delegado.

Mais de uma hora antes do início da prova do Enem, no domingo, um grupo de estudantes que faria a prova procurou os professores do Curso Geo Petrolina Pré-Vestibular que haviam montado um ponto de apoio para tirar dúvidas e esclarecer candidatos, próximo à Universidade de Pernambuco (UPE) e da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Petrolina (Facap), locais de realização do concurso. Os candidatos pediam ajuda para desenvolver a redação se o tema fosse ‘trabalho e escravidão’.

De acordo com o professor de português Marcos Freire, um dos estudantes, aluno do curso Geo, disse que o tema da redação havia sido vazado em São Raimundo Nonato (PI) e que ele tinha recebido a informação.

O boato se espalhou e outros candidatos recorreram aos professores. ‘Na hora não acreditei na história do vazamento, mas atendemos aos alunos, discutindo o tema’, disse o professor Marcos Freire.

Os professores Ramón Bandeira e Diego Alcântara também desempenharam o mesmo trabalho, discutindo o assunto com os estudantes, de acordo com o coordenador do Curso Geo, Nivaldo Moreira.

Depois da prova, veio a preocupação dos professores, ao saber da confirmação do tema Trabalho na Construção da Dignidade Humana, com dois textos de apoio, trabalho escravo e futuro do trabalho. ‘A questão é séria e terminamos nos envolvendo por não termos dado a devida dimensão ao fato’, avaliou Freire.

A OAB teve notícia do caso e está averiguando, ‘com cautela’, as informações. A PF investiga a história.

 

Enem: Jornal mantém identidade de repórter em sigilo e diz que responderá em caso de ação

Por Anderson Scardoelli e Izabela Vasconcelos, estadao.com.br, Atualizado: 9/11/2010 17:01

A identidade do repórter do Jornal do Commercio (PE), que divulgou o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), continua em sigilo. Procurada pela reportagem, a direção do jornal diz que prefere não revelar o nome do jornalista. O repórter, que fez o exame e enviou ao veículo o tema da redação, pode ser processado pelo MEC, que alega que o profissional ‘cometeu ato ilícito ao atentar contra as regras do certame’.

A editora-chefe do site do Jornal do Commercio, Benira Maia Barros, disse que o veículo não recebeu nenhuma notificação da Polícia Federal ou do MEC. No entanto, Benira disse que caso sejam notificados de algum processo, a ação será encarada pelo Jornal do Commercio, preservando a identidade do repórter. A editora alegou que não era a intenção do jornal divulgar o tema da redação, mas que o caso ‘serviu para comprovar a fragilidade do sistema da organização’.

No último domingo (7/11), já no local da prova, o repórter foi ao banheiro e usou o celular para enviar o tema da redação aos colegas do jornal, que divulgaram a informação. Segundo o MEC, divulgar o conteúdo do Enem dentro do local da avaliação e antes do horário permitido para a saída é um ato ilegal.

Na tarde desta segunda-feira (08/11), devido a outros problemas como erros de impressão, a Justiça Federal do Ceará suspendeu a prova por meio de liminar. A decisão tem efeito em todo o Brasil, mas cabe recurso.

Muitas decisões ainda serão tomadas pelos órgãos responsáves, FERAS!! Tenhamos calma e continuemos os estudos, pois ainda haverá as provas do vestibulares locais!! Esquadrão do Conhecimento.

PF vê ‘indícios’ de que vazamento do Enem ‘tem fundamento’

PF vê ‘indícios’ de que vazamento do Enem ‘tem fundamento’

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s