Tags

, , , , ,

UPE amplia interiorização e anuncia mudanças para o vestibular

Novo campus em Arcoverde tem cursos de Direito e Odontologia; em Garanhuns, 40 novas vagas formam a graduação em Medicina

Diretamente do site do pe360graus.

A Universidade de Pernambuco (UPE) anunciou nesta terça-feira (13) diversas mudanças no processo para o vestibular de 2011. No primeiro ano em que a universidade se torna totalmente gratuita, sem cobrança de qualquer mensalidade, também vai ser formada a primeira turma aprovada através do vestibular seriado.

A UPE amplia também a interiorização, com a criação de um novo campus, em Arcoverde, para atender a alunos do Agreste e do Sertão pernambucanos: no local, será oferecido o primeiro curso de Odontologia do Interior, com 20 vagas, e a segunda graduação em Direito mantida no Interior por universidade pública, com 50 vagas. Em Garanhuns, no Agreste, a unidade acadêmica começa 2011 com 40 novos alunos no curso de Medicina, outra novidade deste ano.

Outra modificação é que a Comissão do Vestibular da UPE separou as 3.580 vagas disponíveis nos 44 cursos em dois grupos: 80% (2.864 vagas) para o vestibular tradicional e 20% (716 vagas) para o vestibular seriado. Dentro do total da prova tradicional, 2.291 vagas são para os candidatos em geral e 573 para os cotistas; em relação ao exame seriado, essa divisão ficou em 573 postos para os candidatos em geral e 143 para os cotistas.

A UPE define como cotista aquele aluno que fez todo o Ensino Fundamental II (da 5ª à 8ª série) e o Ensino Médio em escolas da rede pública pernambucana. Alunos de baixa renda que estudaram em escolas privadas com bolsa não têm direito ao benefício, nem tampouco quem já tenha concluído algum curso de graduação. Diferentemente do que acontecia até o ano passado, quando o candidato dito cotista que não comprovasse suas condições era transferido para a seleção geral, este ano ele será eliminado do processo. “Não aceitamos como instituições públicas as que são filantrópicas ou federais”, falou o reitor da UPE, Carlos Calado .

Sobre o uso da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a UPE informa que possíveis vagas restantes serão oferecidas ao SiSU depois da matrícula dos candidatos tradicionais, dos aprovados cotistas e da realização de todos os remanejamentos.

INSCRIÇÕES E ISENÇÃO

As inscrições acontecem somente pela internet e custam R$ 100,00. O prazo começa na próxima quinta-feira (15) e vai até o dia 30 de julho para quem se declara cotista e vai fazer a prova tradicional. Os candidatos gerais do mesmo sistema têm entre os dias 31 de julho e 15 de agosto para se inscrever. A data de inscrição para as provas do vestibular seriado ainda não foram definidas.

O pedido de isenção deve ser informado na hora da inscrição, através do NIS, cadastro nacional instituído pelo Governo Federal.  Tem direito à isenção, através de lei estadual, todo candidato cuja renda familiar é inferior a três salários mínimos – e é justamente isso que o NIS atesta. Quem não informar o NIS não poderá se inscrever como isento. Em 2009, cerca de 6 mil pessoas se inscreveram no vestibular da UPE com isenção total ou parcial.

As provas estão marcadas para acontecer nos dias 28, 29 e 30 de novembro. A previsão é de que o listão seja divulgado até o dia 20 de dezembro e as matrículas devem ser realizadas em janeiro do ano que vem.