Tags

,

Segundo nota divulgada pela UFPE, o vestibular 2010 terá mudanças. Confira abaixo:

UFPE anuncia mudanças no Vestibular 2010
21/10/2009

O Vestibular 2010 da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) passará por mudanças, devido ao novo calendário do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A redação passa a ser de responsabilidade da Comissão de Vestibular (Covest), sendo desconsiderada a redação do Enem na composição da nota dos candidatos ao Vestibular da UFPE. Além disso, caso o resultado oficial do Enem não seja divulgado até o dia 5 de fevereiro de 2010, a nota do exame será descartada do processo seletivo da Universidade. As medidas foram aprovadas por unanimidade, na manhã de hoje (21), pelo Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPE.

De acordo com o reitor da UFPE, Amaro Lins, as alterações visam a evitar atrasos no calendário do primeiro semestre letivo do próximo ano para os novos alunos, previsto para começar em 15 de março, por conta de possíveis novas alterações no cronograma do Enem. “Precisamos garantir que nossas aulas não tenham um atraso grande”, explicou. A segunda fase do vestibular será realizada nos dias 20 e 21 de dezembro, com provas de Português e Língua Estrangeira para todos os candidatos, além de três disciplinas específicas, de acordo com o curso escolhido pelo estudante.

A redação será aplicada no primeiro dia de provas da segunda etapa realizada pela Covest, junto com mais três disciplinas, com acréscimo de uma hora e 30 minutos no tempo de duração total das provas, que passou para cinco horas e 30 minutos. No segundo dia, serão realizadas duas provas, com quatro horas de duração.

O Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPE também definiu que, caso o Ministério da Educação não divulgue a nota do Enem até o dia 5 de fevereiro do próximo ano, o exame não será mais considerado como primeira fase do Vestibular 2010 da UFPE. Nesse caso, a média dos candidatos será composta apenas pelas provas aplicadas pela Covest. A medida foi justificada pelo reitor Amaro Lins como uma precaução diante de mudanças na divulgação do resultado do Enem.

Fonte:Notícias UFPE.